Qual a melhor vitamina para a queda de cabelo?

As vitaminas e minerais têm um papel fundamental na saúde dos cabelos. Por isso, os alimentos que você consome são grandes responsáveis pelo crescimento e fortalecimento dos fios. Muitas vezes, não conseguimos ter uma alimentação adequada e precisamos recorrer a suplementos nutricionais de qualidade que ofereçam 100% da composição nutricional que o organismo necessita.

Para ajudar a evitar a queda excessiva de cabelo e retomar o crescimento dos fios, são necessários diversos nutrientes: minerais (zinco, selênio, cálcio, silício e ferro), vitaminas (A, E, C e do complexo B) e proteínas. 

Saiba quais são os principais benefícios que as vitaminas e minerais oferecem ao seu cabelo:

Vitamina A (retinol): favorece o crescimento saudável e a manutenção de fios hidratados e resistentes. 

Vitamina B9 (Ácido fólico): tem papel importante na saúde da pele e no crescimento de unhas e cabelos. 

Vitamina B1 (Tiamina): influencia na circulação que é essencial para a nutrição dos folículos pilosos no couro cabeludo e no desenvolvimento dos fios. 

Vitamina B2 (Riboflavina): manutenção da aparência saudável do cabelo, pele e unhas. 

Vitamina B5 (Ácido Pantotênico): uma das mais conhecidas vitaminas para ajudar na queda capilar e a retardar a perda de cor do cabelo até a velhice.

Vitamina B6 (Piridoxina): produção de melanina, pigmento que fornece a cor do cabelo, influencia no crescimento e evitar a perda total ou parcial dos fios.

Vitamina B7 (Biotina): fortalecimento do cabelo e das unhas, evitando

Vitamina B12: pode contribuir para favorecer a repigmentação do cabelo e ajudar a manter a cor original em pessoas com deficiência desta vitamina. 

Vitamina C (ácido ascórbico): ajuda no crescimento mais rápido e no brilho dos fios, além de prevenir a descamação e irritação do couro cabeludo. 

Vitamina E: auxilia na circulação do couro cabeludo, necessária para o crescimento do cabelo. 

Vitamina PP (vitamina B3, niacina ou ác. nicotínico): contribui para o fortalecimento geral do organismo e dos cabelos e unhas e na promoção do crescimento do cabelo.

Ferro: ajuda a manter a saúde dos folículos e dos fios, evitando a perda de cabelo.

Zinco: pode ajudar na diminuição da oleosidade excessiva, previne diversos problemas na pele e cabelos, como caspa, dermatite seborreica e, principalmente, queda de cabelo. 

Selênio: protege os tecidos e células do corpo contra o dano oxidativo (ação antioxidante), queda de cabelo e descoloração da pele e da unha. Em casos mais graves, os pelos do braço e de todo corpo também podem ser comprometidos. 

Magnésio: a queda de cabelo está diretamente ligada à deficiência de magnésio no organismo, o que pode resultar em inflamação, depósitos de cálcio e outros efeitos no organismo. Além de auxiliar a evitar a queda, mantem as unhas fortes e saudáveis. 

Além disso, saiba mais sobre o poder que as vitaminas têm sobre seus cabelos: baixe grátis o ebook de vitaminas e minerais.

Uma força extra para seus cabelos e unhas.

Com apenas 1 comprimido ao dia de Tacitá, você tem 100% das vitaminas e minerais que precisa para ajudar no combate a queda e quebra dos fios. São 15 vitaminas e micronutrientes essenciais para a saúde dos seus cabelos e unhas.

Fontes:

Bula do produto

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade, portanto, devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.

Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.

Mantenha fora do alcance de crianças.

3 dicas para vitaminar suas unhas

dicas para fortalecer as unhas
dicas para fortalecer as unhas

Unhas bonitas e fortes não acontecem por acaso. Já ouviu dizer que pelas unhas é possível ver como está sua saúde?

Quando o organismo está em equilíbrio, as unhas estão fortes, transparentes e lisas. Já unhas quebradiças, opacas, com manchas é sinal de que algo pode estar errado.

Por isso, vamos dar alguns dicas para vitaminar suas unhas.

Dicas de cuidados com as unhas

1 – Deixe suas unhas bem nutridas

Consumir vitaminas e minerais com frequência é muito importante para evitar unhas quebradiças e que descamam.

Além disso, falta de algumas vitaminas pode afetar a produção de queratina, a proteína que compõe a unha e garante a força e o crescimento das unhas.  

2 – Capriche na hidratação

Na verdade, todo seu corpo será beneficiado de uma boa hidratação e as suas unhas, vão agradecer.

Por isso, investir em produtos de hidratação próprios para as unhas, como cremes ou óleos vegetais ajuda muito. Aplique os produtos, coloque luvas de silicone, e deixe agir por 15 minutos. Uma aplicação por semana e você vai sentir a diferença nas suas unhas.

3 – Cuidados com as cutículas

Você sabia que as suas cutículas são uma “base defensora” das suas unhas? É isso mesmo! As cutículas defendem a base das suas unhas contra infecções de fungos e bactérias, por isso, não é bom remover as “pelinhas”, não.

Não esqueça: o indicado é mantê-las sempre muito bem hidratadas (olha só, a nossa dica anterior já ficando melhor ainda).

4 – Utilize uma base fortalecedora

Essa dica funciona, principalmente, antes de usar os esmaltes (que, aliás, devem ser sempre de boa qualidade, para não prejudicarem a oxigenação das suas unhas). As bases fortalecedoras criam uma “barreira” e aumentam a proteção além de (você acertou!) também funcionarem com ação hidratante.

Como você viu, há várias maneiras de cuidar e vitaminar suas unhas. Por isso, claro que a mais importante é manter sua saúde em dia.

Leia também sobre Vida Saudável para cuidar também de seus cabelos.

Referências

  1. Tacitá. Informações de embalagem.

Vitaminas e outras dicas para cuidar dos cabelos

dicas para cuidar dos cabelos
dicas para cuidar dos cabelos

Aqui no De Ponta a Ponta, a gente tenta sempre te lembrar de que a beleza, a verdadeira beleza, é ser saudável. Então, por isso, que tal umas dicas de como ser mais saudável no dia a dia para cuidar dos cabelos?

Confere essas dicas de cuidado:

Alimentação Saudável

Já começamos aqui falando de vitaminas, nossas queridinhas, confessamos.

Existem tantas maneiras diferentes de se ter essas vitaminas, por causa disso, é praticamente impossível não gostar de buscar ter uma alimentação balanceada, afinal de contas, vitaminas estão presentes em muitos alimentos gostosos.

Ovos, peixes, nozes, queijos, carnes, todos ingredientes maravilhosos para refeições e, quando combinados direitinho, se transformam numa refeição saudável, repleta de vitaminas que o seu organismo precisa.

Além de evitar a queda de cabelo, as vitaminas ajudam a dar brilho, fortalecer o fio e ajudar no crescimento. 

Beba bastante água

Além dos benefícios conhecidos de manter o corpo hidratado e manter o bom funcionamento dos rins, beber água anda de mãos dadas com a alimentação saudável. 

Isso acontece porque a água ajuda na absorção de diversos nutrientes pelo seu corpo, como a Vitamina C e, também, as vitaminas do complexo B, como a Vitamina B5, o famoso Ácido Pantotênico.

Além disso, quando há menos água do que o necessário, o sangue fica mais espesso e, por isso, circula menos, o que é prejudicial para a nutrição celular.

Exercite-se

Essa aqui é outra “velha conhecida”, afinal de contas, quem é que não teve aulas de educação física na escola? Sabia que essas aulas não eram “só por esporte”?

Existem diversos benefícios que vêm de uma vida mais ativa.

Não só para fortalecer ossos e músculos, combater o excesso de peso, e tudo  que ouvimos falar desde pequenos: praticar atividades físicas também ajuda na disposição.

Além disso, ajuda a equilibrar hormônios do estresse (como o cortisol e a adrenalina) e a liberar a endorfina, que dá a sensação de bem-estar.

Ou seja: só vantagens, não é mesmo? Por isso, que tal aproveitar para começar a se exercitar?

O equilíbrio do organismo é fundamental para o cuidar dos cabelos, controle do ressecamento, da oleosidade e também evitar quedas e quebra dos fios.

Conheça sobre as vitaminas e minerais Tacita e a loja online.

Referências

  1. Tacitá. Informações de embalagem.

5 Alimentos amigos do cabelo!

5 Alimentos para um cabelo saudável
5 Alimentos para um cabelo saudável

Aqui no de Ponta a Ponta, você sabe que sempre pode encontrar dicas e curiosidades sobre a saúde do seu cabelo, certo? A gente já falou bastante dos cuidados com a alimentação como, por exemplo, ingerir alimentos ricos em Ácido Pantotênico (também chamado de Vitamina B5), então, que tal saber alguns dos campeões dessa lista? 

Confira 5 alimentos que não podem faltar no seu prato!

Carne Vermelha: “figurinha carimbada” no prato dos brasileiros, a carne vermelha é rica em vitamina B5, mas é preciso ficar de olho na quantidade de gordura para não prejudicar a saúde, procure optar por carnes magras.

Ovo: outro campeão em presença no dia a dia, o ovo é rico numa variedade de vitaminas e minerais, incluindo vitaminas do complexo B. Um único ovo pode conter até 0,7 mg de vitamina B5.

Batata: talvez o alimento mais “versátil” dessa lista, a batata pode aparecer no seu prato de vários jeitos diferentes: frita, cozida, assada, purê. Um mais delicioso do que o outro. Mas ela também faz parte da nossa lista de sucesso, afinal, atém de possuir B5, ela ainda tem várias outras qualidades como ser rica em potássio e fibra alimentar, especialmente se a casca for consumida. É pra ninguém botar defeito, não é mesmo?

Tomate: a fruta (Sim! Fruta!) mais presente nas refeições saudáveis não podia ficar de fora da nossa lista. Além da vitamina B5, o tomate também é antioxidante e rico em carotenoides e licopeno. Tudo o que a gente gosta, né?

Couve: fechando a nossa lista (mas não menos importante), a couve é um dos alimentos do nosso time campeão. Além de conter ácido pantotênico, a couve é considerada um alimento com propriedades antioxidantes, além de ser uma ótima fonte de cálcio. A couve também é rica em fibras e auxilia a digestão. É ou não é tudo de bom?

Tacitá possui em sua composição 15 micronutrientes essenciais destinados a complementar a dieta e que auxiliam no fortalecimento dos cabelos e das unhas

As vitaminas e minerais auxiliam na nutrição dos cabelos, desde a raiz, e, quando em equilíbrio, ajudam a manter a saúde do ciclo capilar.

Com apenas 1 comprimido ao dia, Tacitá é um complexo de vitaminas e minerais que auxilia na nutrição do organismo de dentro para fora, auxiliando no crescimento saudável de cabelos e unhas.  

Com uma dieta balanceada e com essas dicas de ouro para o seu prato, exercícios físicos, sono de qualidade você ajuda o seu corpo a manter uma nutrição adequada e, se for preciso, Tacitá pode também ajudar esse combo de elite, e contribuir para a saúde dos seus cabelos e unhas.

 

Referências

  1. Dias JS. Nutritional Quality and Health Benefits of Vegetables: A Review.Food and Nutrition Sciences. 2012; 3: 1354-1374.
  2. Goluch-Koniuszy ZS. Nutrition of women with hair loss problem during the period of menopause. Prz Menopauzalny. 2016;15(1):56–61.
  3. Iorizzo M, Pazzaglia M, M Piraccini B, Tullo S, Tosti A. Brittle nails. J Cosmet Dermatol. 2004;3(3):138–144.
  4. Iorizzo M, Pazzaglia M, M Piraccini B, Tullo S, Tosti A. Brittle nails. J Cosmet Dermatol. 2004;3(3):138–144.
  5. National Institute of Health. Pantothenic acid [Internet]. [acesso 16 mar 2020]. Disponível em: https://ods.od.nih.gov/factsheets/PantothenicAcid-HealthProfessional/
  6. Slavin JL, Lloyd B. Health benefits of fruits and vegetables. Adv Nutr. 2012;3(4):506–516. Published 2012 Jul 1. 
  7. Tacitá. Informações de embalagem.

Vida Saudável, Cabelos Saudáveis

O que fazer para acabar com a queda de cabelo
O que fazer para acabar com a queda de cabelo

Em nossa vida, o dia a dia pode ser bastante corrido e acabar nos fazendo negligenciar os cuidados com a saúde. Com isso, nossas unhas e cabelos acabam sendo prejudicados por faltas de certas atividades.

Embora possa ser difícil, alguns cuidados com nossa rotina podem ser valiosíssimos para auxiliar que os cabelos fiquem fortes e saudáveis. Confira alguns desses cuidados:

  • Alimentação balanceada: no meio da correria, podemos acabar esquecendo de comer “direito” acabamos nos rendendo a lanches ou outras refeições mais rápidas, mas é importantíssimo que a gente procure sempre ter uma refeição balanceada. Você pode conferir alguns alimentos que não podem faltar nas suas refeições aqui (link para matéria).
  • Hidratação: é muito importante se manter hidratado para o bom funcionamento dos rins, mas também é fundamental para o cabelo. Quando o consumo de água é abaixo do recomendado, algumas áreas do corpo, como o couro cabeludo, podem ser afetadas e ficar ressecadas, gerando até casos de caspa. Melhor não arriscar, não é mesmo?
  • Atividades físicas: Além de exercitar os seus músculos, a prática de atividades físicas também é ótima para liberar endorfinas no organismo, substâncias que atuam na diminuição da tensão, causando relaxamento e auxiliando na diminuição da queda de cabelo excessiva relacionada ao estresse. Além disso, a prática regular de atividades físicas ajuda a manter uma boa circulação sanguínea, o que contribui para a saúde do couro cabeludo.
  • Sono regulado: Uma boa noite de sono é vital para nos ajudar no dia a dia, mas não é só isso, a melatonina (hormônio do sono) também está intimamente ligada à saúde dos fios. Conseguir as tão sonhadas 8 horas de sono só vai trazer benefícios!

Meu cabelo continua caindo, e agora?

De vez em quando, mesmo que a gente se esforce, pode ser que os cabelos continuem caindo. É nesses casos a suplementação pode ser necessária. Ainda bem que tem Tacitá para nos ajudar nisso. Procure um médico ou profissional da saúde para identificar o melhor tratamento

Um comprimido de Tacitá por dia proporciona suplementação de vitaminas e minerais que auxiliam no crescimento saudável dos cabelos e unhas.

 

Referências

  1. Slavin JL, Lloyd B. Health benefits of fruits and vegetables. Adv Nutr. 2012;3(4):506–516. Published 2012 Jul 1.
  2. Qadir MI, Razzaq U. Relating Urine Ketones and Dandruff. Int. J. Res. Stud. Microb. Biotec. 2019;5(2):11-12.
  3. Salmon P. Effects of physical exercise on anxiety, depression, and sensitivity to stress: a unifying theory. Clin Psychol Rev. 2001 Feb;21(1):33-61.
  4. Hadshiew IM, Foitzik K, Arck PC, Paus R. Burden of hair loss: stress and the underestimated psychosocial impact of telogen effluvium and androgenetic alopecia. J Invest Dermatol. 2004 Sep;123(3):455-7.1
  5. Fischer TW, Slominski A, Tobin DJ, Paus R. Melatonin and the hair follicle. J Pineal Res. 2008 Jan;44(1):1-15.
  6. Tacitá. Informações de embalagem.
  7. Horev L. Environmental and cosmetic factors in hair loss and destruction. Curr Probl Dermatol. 2007;35:103-117.
  8. Boer M, Duchnik E, Maleskzka R, Marchlewicz. Structural and biophysical characteristics of human skin in maintain proper epidermal barrier function. Postepy Dermatol Alergol. 2016;33(1):1-5.
  9. Klemp P, Peters K, Hansted B. Subcutaneous blood flow in early male pattern baldness. J Invest Dermatol. 1989;92(5):725-6
  10. Warburton DE, Nicol CW, Bredin SS. Health benefits of physical activity: the evidence. CMAJ. 2006;174(6):801-9.

Um sono de qualidade, melatonina e os benefícios para os seus cabelos

Um sono de qualidade, melatonina e os benefícios para os seus cabelos
Um sono de qualidade, melatonina e os benefícios para os seus cabelos

Um sono de qualidade, melatonina e os benefícios para os seus cabelos

Você já ouviu falar de melatonina? Apesar do nome soar meio estranho, a melatonina tem o outro nome mais simpático pra facilitar: ela é conhecida como “o hormônio do sono”. Produzida no nosso cérebro, a melatonina ajuda a regular os ciclos de sono e o metabolismo do nosso corpo.

Quando começa a escurecer, o organismo vai gradativamente produzindo quantidades do hormônio, até chegar no ponto de maior produção, que é quando estamos dormindo e, a partir daí, vai diminuindo até a hora de acordar.

Mas o que isso tem a ver com os cabelos?

Muitos estudos1,2 vêm mostrando que, além do sono, a melatonina influencia em várias outras coisas no funcionamento do nosso corpo. Uma das influenciadas pelo hormônio é a saúde da nossa pele e, é claro, dos cabelos.

Assim como o ciclo do sono, o ciclo dos cabelos faz parte de um grupo chamado de “ciclos circadianos”, ou seja, são ciclos que ajudam o corpo a organizar suas funções no dia a dia. Conforme o tempo vai passando, esses ciclos vão perdendo um pouco da sua “pontualidade” e se tornam um pouco menos regulados.

Estudos mostram que, se esses ciclos circadianos são desregulados, isso pode acabar afetando o crescimento dos cabelos, enquanto um estudo publicado em 2004 por Fischer e colaboradores, por sua vez, mostrou que a melatonina parece auxiliar em casos de alopecia. Quem diria que esses benefícios poderiam vir de um sono bem regulado, não é mesmo?3

Aqui no De Ponta a Ponta, a gente sempre procura te dar excelentes dicas para manter seus cabelos e unhas sempre bem cuidados. Conta pra gente se você já sabia da necessidade de um sono de qualidade e das funções da melatonina no corpo e se você curte as dicas que nós trazemos por aqui ou quais dúvidas você gostaria que a gente tirasse.

Para saber também sobre os mitos e verdade nos cuidados dos cabelos: https://depontaapontatacita.com.br/mitos-e-verdades/ nos cuidados dos cabelos.

Fontes

  1. Fischer TW, Slominski A, Tobin DJ, Paus R. Melatonin and the hair follicle. J Pineal Res. 2008;44(1):1-15.

  2. Rusanova I, Martínez-Ruiz L, Florido J, Rodríguez-Santana C, Guerra-Librero A, Acuña-Castroviejo D, Escames G. Protective effects of melatonin on the skin: future perspectives. Int J Mol Sci. 2019;20(19):4948.

  3. Fischer TW, Burmeister G, Schmidt HW, Elsner P. Melatonin increases anagen hair rate in women with androgenetic alopecia or diffuse alopecia: results of a pilot randomized controlled trial. Br J Dermatol. 2004;150(2):341-5.

 

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico.

Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista.

Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.

Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.

Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.

Mantenha fora do alcance de crianças

4 cuidados básicos para você ter com as suas unhas

Cuidados com as unhas
Cuidados com as unhas

Nós sempre falamos bastante por aqui sobre cuidados com os cabelos, mas não podemos deixar as “outras pontas” de fora. É claro que estamos falando das unhas.

Assim como os cabelos, as unhas precisam de cuidados específicos e podem nos dar alertas quando alguma coisa não está indo bem no nosso corpo, mas será que você sabe como cuidar direito delas? Confira nossas dicas para manter suas unhas sempre bem cuidadas.

Mantenha-se hidratada

A hidratação é sempre um dos melhores hábitos que você pode ter. Procure sempre manter na sua rotina a ingestão adequada de líquidos, que pode variar de dois a três litros de água por dia para um adulto. A água é essencial para manter a saúde do corpo e o funcionamento dos órgãos, participando do transporte das vitaminas e minerais pelo seu corpo e, claro, suas unhas só têm a ganhar com isso.1,2

Evite tirar suas cutículas

A pele é o maior órgão do nosso corpo, e as cutículas são a “última linha de defesa” contra bactérias e infecções e, se for infectada, pode até acabar crescendo mais do que o normal. Melhor não arriscar, não é mesmo?3

Deixe as unhas respirarem

Parece estranho ler isso, afinal, as unhas não respiram “de verdade”, mas a terminologia é usada para significar que suas unhas, assim como você, precisam descansar de vez em quando. Entre um esmalte e outro, o ideal é um dia de descanso, dê uma pausa também no uso constante de unhas artificiais, garantindo assim que suas unhas tenham tempo de se recuperar como merecem. Aliás, também evite usar removedores que contenham acetona, hein? Dê preferência a removedores que agridam menos as unhas e causem menos ressecamento das cutículas.4

Alimente seu corpo e ajude na saúde das suas unhas

A nutrição é fundamental. Cabelos, pele e unhas precisam de vitaminas e minerais para ficarem bonitos e saudáveis.

Com apenas 1 comprimido ao dia, Tacitá contribui na nutrição do organismo de ponta a ponta. São 15 vitaminas e minerais que auxiliam na saúde das suas unhas de dentro pra fora.

Para descobrir quais vitaminas e minerais são essenciais para a saúde do seu corpo e das suas unhas, leia aqui: https://depontaapontatacita.com.br/tacita-auxilia-fortalecimento-dos-cabelos-e-unhas/

Com nossas dicas, você pode cuidar sempre muito bem das suas unhas. Mas se achar que alguma coisa não está indo bem, procure seu dermatologista. Quando se trata de saúde, é sempre bom apostar no seguro.

FONTES

  1. Azevedo PS, Pereira FWL, Paiva SAR. Água, hidratação e Saúde. Brasil: Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição; 2016.

  2. Williams S, Krueger N, Davids M, Kraus D, Kerscher M. Effect of fluid intake on skin physiology: distinct differences between drinking mineral water and tap water. Int J Cosmet Sci. 2007; 29(2): 131-8.

  3. Baswan S, Kasting, Li SK, Wickett R, Adams B, Eurich S, Schamper R. Understandig the formidable nail barrier: a review of the nail microstructure, composition and diseases. Mycoses. 2017;60(5):284-95.

  4. Arora H, Tosti A. Safety and efficacy of nail products. Cosmetics. 2017;4(3):24.

 

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico.

Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista.

Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.

Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.

Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.

Mantenha fora do alcance de crianças.

Anemia causa queda de cabelo?

Anemia causa queda de cabelo?
Anemia causa queda de cabelo?

É importante ter cuidado com as dietas radicais.

Adora uma dieta radical? É bom ter cuidado.

Preocupadas com os quilinhos a mais, muitas vezes, as pessoas se submetem a restrições alimentares que podem prejudicar muito o organismo.

A carência de vitaminas e minerais pode causar queda de cabelos.

A “má nutrição” pode ser devida a dietas radicais, consumo de alimentos que não fornecem aporte nutricional adequado (dentre elas o fast food), doenças que causam absorção inadequada de nutrientes, entre outros fatores.

Por isso, é bom manter hábitos alimentares saudáveis com frutas, legumes e verduras que ajudam a manter a pele, unha e cabelos saudáveis.

A prática de exercícios também contribui de um modo geral para a prevenção de doenças que podem afetar o cabelo através de seus benefícios, como o aumento do fluxo sanguíneo.

Uma das doenças mais comuns que causa a queda de cabelo é a anemia.

Caracterizada pelo baixo nível de hemoglobina no sangue, resultado da deficiência de alguns nutrientes e também por fatores genéticos, a anemia apresenta diferentes sintomas, incluindo a queda de cabelo nas mulheres e homens.

É necessário buscar ajuda médica para o tratamento adequado da anemia, que pode incluir a suplementação vitamínica e mineral.

Além do ferro, que é um mineral, existem vitaminas importantes que contribuem em processos metabólicos que regulam o ciclo capilar, dentre elas, a vitamina B12 e a vitamina C, que embora menos comuns, a sua deficiência também pode levar a anemia.

Confira alguns alimentos que possuem “vitaminas e minerais importantes” para o cabelo:

Ovo

Rico em vitaminas do complexo B que auxiliam na saúde dos cabelos e contribuem para seu crescimento na fase anágena, também conhecida como fase de formação de novas fibras de cabelo.

Peixes

Alguns peixes como a tilápia, entre outros, possui vitamina B1, que é importante para a circulação sanguínea. Sua deficiência pode impactar no fluxo sanguíneo no couro cabeludo.

Níveis adequados contribuem para a saúde circulatória, podendo impactar no fornecimento de oxigênio para os folículos pilosos e assim no processo de crescimento dos fios.

Banana

Alimento rico em magnésio, componente essencial para o funcionamento da enzima SOD-2 (superóxido dismutase 2), a qual possui atividade antioxidante e atua então no processo “antienvelhecimento” no folículo piloso.

A deficiência de magnésio impacta na saúde dos cabelos e níveis adequados ajudam a mantê-los saudáveis.

Espinafre

Quando os folículos pilosos não recebem a quantidade necessária de oxigênio e nutrientes através da microcirculação, os fios tornam-se mais frágeis e podem cair mais facilmente.

O ferro vindo do espinafre, em níveis adequados, ajuda a manter um bom fornecimento de oxigênio no sangue e pode contribuir na produção de queratina.

Cenoura

Tanto a falta quanto o excesso de vitamina A podem ser prejudiciais para o organismo, incluindo os cabelos.

Assim como para outras vitaminas e minerais, a suplementação é exceção e não regra, devendo ser orientada por um médico de acordo com necessidades individuais.

Para saber mais sobre vitaminas e minerais, leia esta matéria.

E agora que você já conhece uma importante causa da queda de cabelo, baixe grátis aqui o infográfico com números e estatísticas curiosas sobre cabelos e se torne um expert.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.

Ferro e Zinco, uma dupla dinâmica na manutenção de cabelos fortes

Ferro e Zinco, uma dupla dinâmica para cabelos fortes | Tacitá
Ferro e Zinco, uma dupla dinâmica para cabelos fortes | Tacitá

Conheça minerais que ajudam a manter os cabelos resistentes.

Talvez não seja novidade para você que vitaminas também podem auxiliar nos processos envolvidos na queda dos cabelos.

E quanto aos minerais, você conhece os que podem influenciar no fortalecimento normal dos fios?

Em primeiro lugar, minerais são nutrientes inorgânicos que, entre outros benefícios, ajudam a compor a saúde do cabelo de dentro para fora, a partir do folículo piloso.

Nesse caso, dois minerais se destacam formando uma verdadeira dupla que contribui para fortalecer e proteger os cabelos: ferro e zinco.

Além disso, eles também participam de processos antioxidantes.

Vamos conhecer um pouco mais sobre eles?

Ferro, o nutriente que atua na circulação e na saúde do couro cabeludo.

Conhecido pelas funções no transporte de oxigênio no sangue, o ferro também é fundamental para manter a saúde dos folículos e o crescimento normal dos fios.

É importante que a reserva de ferro no organismo esteja sempre equilibrada. Mas, infelizmente, algumas pessoas não ingerem ou absorvem bem o ferro.

As mulheres, por exemplo, com período menstrual prolongado ou em muita quantidade, perdem ferro mais do que o normal, podendo ficar anêmicas. E a anemia ou falta de ferro pode provocar perda de cabelo.

O ferro beneficia a circulação de oxigênio que vai para todas as células, inclusive as responsáveis pelo couro cabeludo onde ocorre o crescimento do cabelo.

Combinado à prática de atividades físicas regulares, que também ajudam na oxigenação do sangue, contribui para melhorar o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo e pode influenciar no crescimento saudável dos fios.

Carne vermelha, feijão, gema de ovo, espinafre,uva passa, damasco seco, soja, brócolis, molusco, cereais integrais, pão de cevada, salsa e lentilhas são alimentos ricos em ferro.

Zinco, o nutriente que ajuda na resistência dos fios.

O zinco é um mineral indispensável encarregado em diversos processos do organismo que, no caso dos cabelos, contribuem na prevenção de algumas doenças, como a seborreia e a caspa.

Isso porque atua na saúde do couro cabeludo, ajudando no crescimento saudável dos fios e pode ajudar na regulação da produção de sebo nos folículos capilares.

O sebo em equilíbrio é vital para manter os cabelos saudáveis e hidratados, conservando fios fortes e com aspecto saudável.

Gemas de ovos, caju, nozes, carne vermelha, frango e peixe são alimentos ricos em zinco.

Além desses alimentos, existem suplementos que ajudam a complementar a necessidade diária de ferro e zinco.

Para saber mais a fundo sobre a função dos minerais na queda de cabelo, baixe grátis aqui o ebook de vitaminas e minerais e saiba como empoderar seus cabelos.

Para saber mais sobre vitaminas e minerais, leia esta matéria.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.

Tacitá auxilia no fortalecimento dos cabelos e das unhas

Tacitá auxilia no fortalecimento dos cabelos e das unhas | Tacitá
Tacitá auxilia no fortalecimento dos cabelos e das unhas | Tacitá

Descubra as vitaminas essenciais.

Quem não quer ter cabelos e unhas fortes e poderosos? Eles passam saúde, vitalidade, imponência, personalidade. O contrário, unhas e cabelos fracos, dá sinal de debilitação, baixa a autoestima e pode remeter a envelhecimento e doença.

As vitaminas também são alimento para as unhas e cabelos. Elas são nutrientes orgânicos necessários, em pequenas quantidades, para auxiliar na regulação das funções celulares.

Algumas vitaminas são geradas no próprio organismo (vitamina D e K, por exemplo) a partir de outras substâncias recebidas pela dieta ou pela ação da flora intestinal.

Porém outras são obtidas diretamente através da alimentação ou então em suplementos vitamínicos.

As maiores fontes de vitaminas são frutas, legumes e verduras, porém as carnes, ovos e leite também são importantes fontes de vitaminas, como a vitamina A e as do complexo B5.

Nutrem os cabelos desde a raiz e, quando em equilíbrio, ajudam a evitar a queda excessiva e a manutenção dos fios.

Veja vitaminas que auxiliam no fortalecimento dos cabelos:

    • Vitamina A: favorece o crescimento saudável dos cabelos e manutenção de fios hidratados e resistentes.
    • Ácido fólico: uma das vitaminas essenciais, com influência na queda excessiva e perda de cor dos cabelos.
    • Vitamina B1, B2, B5, B6 e B12: as vitaminas do complexo B auxiliam nos processos do organismo relacionados com a queda. A B1 pode impactar no fluxo sanguíneo no couro cabeludo e em sua atividade metabólica, e sua deficiência pode causar queda capilar. Já a B6 ajuda na produção de melanina, pigmento que dá cor ao cabelo, dentre outras funções.
    • Vitamina C: poderoso antioxidante, é essencial para uma pele saudável, vasos sanguíneos e a formação de colágeno.
    • Vitamina E: com ação antioxidante e presente no sebum, auxilia a preservar a saúde do couro cabeludo, contribuindo na circulação sanguínea e na proteção dos folículos responsáveis pela formação dos fios de danos oxidativos.
    • Vitamina PP (vitamina B3): atua junto às outras vitaminas do complexo B, participando do metabolismo dos açúcares, gorduras e aminoácidos. Atua também em processos inflamatórios, colaborando para o fortalecimento geral do organismo, incluindo cabelos e unhas.

Diversas vitaminas, bem como alguns minerais, têm significativa ação antioxidante.

Os antioxidantes são agentes que “limpam” ou neutralizam radicais livres, moléculas derivadas do oxigênio que podem lesar as células do corpo.

O acúmulo de radicais livres pode ser considerado tóxico aos tecidos e se dá de várias maneiras (estresse, poluição, tabagismo, doenças, entre outros).

Essa concentração destrói as proteínas e o DNA das células, acelerando seu envelhecimento.

Quer saber mais a fundo sobre a função das vitaminas na queda de cabelo? Clique aqui e baixe grátis o ebook de vitaminas e minerais e saiba sobre o poder que eles têm sobre seus cabelos.

Para saber mais sobre queda de cabelo, leia esta matéria.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.