Entrevista Dra. Gabriela Franco – Especialista em Cabelos

Especialista em Cabelos
Especialista em Cabelos

“Me senti mais estressada na quarentena, isso pode ter causado a queda de cabelo e deixado minhas unhas mais fracas?”

Sim, o estresse é um estímulo comum e um fator muito relacionado à distúrbios do crescimento e queda de cabelo. No nosso organismo existem substâncias que são mediadoras do estresse, que podem interromper o ciclo normal de crescimento dos fios, fazendo com que eles caiam mais do que o normal.

 

“Como tenho ficado mais dentro de casa, a falta de sol pode prejudicar a saúde dos meus cabelos?

Todos sabemos que a exposição solar é fundamental pro nosso organismo na síntese da Vitamina D mas, com relação aos cabelos, o excesso de sol está associado à má qualidade dos fios.

O dano causado pela radiação ultravioleta ocorre, principalmente, na região mais externa da haste capilar, que é a cutícula. Isso gera perda de proteínas, fazendo com que a haste capilar se torne mais frágil e quebre com mais facilidade.

 

“Meu sono ficou desregulado na quarentena. Isso pode ter afetado meus cabelos?”

Dormir bem é fundamental para a saúde do organismo, e já está bem estabelecida a relação entre a privação de sono e a queda de cabelo.

A queda de cabelo por falta de sono ocorre não somente pela quantidade do sono, mas também pela qualidade do sono.

 

“Já que fico em casa, preciso lavar meus cabelos, que são oleosos, todos os dias?”

Quem tem cabelo oleoso, tem uma tendência maior de apresentar uma condição chamada Dermatite Seborreica. Nessa situação, os cabelos podem cair até duas vezes mais rapidamente do que o normal, é uma situação que muitos conhecem como caspa. Por conta disso, mesmo ficando em casa, quem tem o cabelo oleoso pode, e deve, lavar os cabelos todos os dias ou, pelo menos, dia sim, dia não.

 

“Tenho lavado bastante minhas mãos nos últimos dias, que tipo de efeito isso pode gerar nas minhas unhas?”

Por mais que lavar as mãos seja um hábito extremamente importante, não só no combate ao novo coronavírus, mas para a eliminação de fungos e bactérias na região das unhas, essa prática, invariavelmente, implica no uso de algum tipo de sabão ou detergente.

O uso em excesso do sabão, assim como o uso em excesso do álcool em gel, contribui para o ressecamento das mãos, das cutículas, e das unhas, sendo que as unhas ressecadas se tornam mais frágeis e quebradiças.

Tacitá auxilia no fortalecimento dos cabelos e das unhas

cabelos e unhas
cabelos e unhas

Descubra as vitaminas essenciais.

Quem não quer ter cabelos e unhas fortes e poderosos? Eles passam saúde, vitalidade, imponência, personalidade. O contrário, unhas e cabelos fracos, dá sinal de debilitação, baixa a autoestima e pode remeter a envelhecimento e doença.

As vitaminas também são alimento para as unhas e cabelos. Elas são nutrientes orgânicos necessários, em pequenas quantidades, para auxiliar na regulação das funções celulares.

Algumas vitaminas são geradas no próprio organismo (vitamina D e K, por exemplo) a partir de outras substâncias recebidas pela dieta ou pela ação da flora intestinal.

Porém outras são obtidas diretamente através da alimentação ou então em suplementos vitamínicos.

As maiores fontes de vitaminas são frutas, legumes e verduras, porém as carnes, ovos e leite também são importantes fontes de vitaminas, como a vitamina A e as do complexo B5.

Nutrem os cabelos desde a raiz e, quando em equilíbrio, ajudam a evitar a queda excessiva e a manutenção dos fios.

Veja vitaminas que auxiliam no fortalecimento dos cabelos:

    • Vitamina A: favorece o crescimento saudável dos cabelos e manutenção de fios hidratados e resistentes.
    • Ácido fólico: uma das vitaminas essenciais, com influência na queda excessiva e perda de cor dos cabelos.
    • Vitamina B1, B2, B5, B6 e B12: as vitaminas do complexo B auxiliam nos processos do organismo relacionados com a queda. A B1 pode impactar no fluxo sanguíneo no couro cabeludo e em sua atividade metabólica, e sua deficiência pode causar queda capilar. Já a B6 ajuda na produção de melanina, pigmento que dá cor ao cabelo, dentre outras funções.
    • Vitamina C: poderoso antioxidante, é essencial para uma pele saudável, vasos sanguíneos e a formação de colágeno.
    • Vitamina E: com ação antioxidante e presente no sebum, auxilia a preservar a saúde do couro cabeludo, contribuindo na circulação sanguínea e na proteção dos folículos responsáveis pela formação dos fios de danos oxidativos.
    • Vitamina PP (vitamina B3): atua junto às outras vitaminas do complexo B, participando do metabolismo dos açúcares, gorduras e aminoácidos. Atua também em processos inflamatórios, colaborando para o fortalecimento geral do organismo, incluindo cabelos e unhas.

Diversas vitaminas, bem como alguns minerais, têm significativa ação antioxidante.

Os antioxidantes são agentes que “limpam” ou neutralizam radicais livres, moléculas derivadas do oxigênio que podem lesar as células do corpo.

O acúmulo de radicais livres pode ser considerado tóxico aos tecidos e se dá de várias maneiras (estresse, poluição, tabagismo, doenças, entre outros).

Essa concentração destrói as proteínas e o DNA das células, acelerando seu envelhecimento.

Quer saber mais a fundo sobre a função das vitaminas na queda de cabelo? Clique aqui e baixe grátis o ebook de vitaminas e minerais e saiba sobre o poder que eles têm sobre seus cabelos.

Para saber mais sobre queda de cabelo, leia esta matéria.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.