Anemia causa queda de cabelo?

anemia
anemia

É importante ter cuidado com as dietas radicais.

Adora uma dieta radical? É bom ter cuidado.

Preocupadas com os quilinhos a mais, muitas vezes, as pessoas se submetem a restrições alimentares que podem prejudicar muito o organismo.

A carência de vitaminas e minerais pode causar queda de cabelos.

A “má nutrição” pode ser devida a dietas radicais, consumo de alimentos que não fornecem aporte nutricional adequado (dentre elas o fast food), doenças que causam absorção inadequada de nutrientes, entre outros fatores.

Por isso, é bom manter hábitos alimentares saudáveis com frutas, legumes e verduras que ajudam a manter a pele, unha e cabelos saudáveis.

A prática de exercícios também contribui de um modo geral para a prevenção de doenças que podem afetar o cabelo através de seus benefícios, como o aumento do fluxo sanguíneo.

Uma das doenças mais comuns que causa a queda de cabelo é a anemia.

Caracterizada pelo baixo nível de hemoglobina no sangue, resultado da deficiência de alguns nutrientes e também por fatores genéticos, a anemia apresenta diferentes sintomas, incluindo a queda de cabelo nas mulheres e homens.

É necessário buscar ajuda médica para o tratamento adequado da anemia, que pode incluir a suplementação vitamínica e mineral.

Além do ferro, que é um mineral, existem vitaminas importantes que contribuem em processos metabólicos que regulam o ciclo capilar, dentre elas, a vitamina B12 e a vitamina C, que embora menos comuns, a sua deficiência também pode levar a anemia.

Confira alguns alimentos que possuem “vitaminas e minerais importantes” para o cabelo:

Ovo

Rico em vitaminas do complexo B que auxiliam na saúde dos cabelos e contribuem para seu crescimento na fase anágena, também conhecida como fase de formação de novas fibras de cabelo.

Peixes

Alguns peixes como a tilápia, entre outros, possui vitamina B1, que é importante para a circulação sanguínea. Sua deficiência pode impactar no fluxo sanguíneo no couro cabeludo.

Níveis adequados contribuem para a saúde circulatória, podendo impactar no fornecimento de oxigênio para os folículos pilosos e assim no processo de crescimento dos fios.

Banana

Alimento rico em magnésio, componente essencial para o funcionamento da enzima SOD-2 (superóxido dismutase 2), a qual possui atividade antioxidante e atua então no processo “antienvelhecimento” no folículo piloso.

A deficiência de magnésio impacta na saúde dos cabelos e níveis adequados ajudam a mantê-los saudáveis.

Espinafre

Quando os folículos pilosos não recebem a quantidade necessária de oxigênio e nutrientes através da microcirculação, os fios tornam-se mais frágeis e podem cair mais facilmente.

O ferro vindo do espinafre, em níveis adequados, ajuda a manter um bom fornecimento de oxigênio no sangue e pode contribuir na produção de queratina.

Cenoura

Tanto a falta quanto o excesso de vitamina A podem ser prejudiciais para o organismo, incluindo os cabelos.

Assim como para outras vitaminas e minerais, a suplementação é exceção e não regra, devendo ser orientada por um médico de acordo com necessidades individuais.

Para saber mais sobre vitaminas e minerais, leia esta matéria.

E agora que você já conhece uma importante causa da queda de cabelo, baixe grátis aqui o infográfico com números e estatísticas curiosas sobre cabelos e se torne um expert.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.

Ferro e Zinco, uma dupla dinâmica na manutenção de cabelos fortes

minerais
minerais

Conheça minerais que ajudam a manter os cabelos resistentes.

Talvez não seja novidade para você que vitaminas também podem auxiliar nos processos envolvidos na queda dos cabelos.

E quanto aos minerais, você conhece os que podem influenciar no fortalecimento normal dos fios?

Em primeiro lugar, minerais são nutrientes inorgânicos que, entre outros benefícios, ajudam a compor a saúde do cabelo de dentro para fora, a partir do folículo piloso.

Nesse caso, dois minerais se destacam formando uma verdadeira dupla que contribui para fortalecer e proteger os cabelos: ferro e zinco.

Além disso, eles também participam de processos antioxidantes.

Vamos conhecer um pouco mais sobre eles?

Ferro, o nutriente que atua na circulação e na saúde do couro cabeludo.

Conhecido pelas funções no transporte de oxigênio no sangue, o ferro também é fundamental para manter a saúde dos folículos e o crescimento normal dos fios.

É importante que a reserva de ferro no organismo esteja sempre equilibrada. Mas, infelizmente, algumas pessoas não ingerem ou absorvem bem o ferro.

As mulheres, por exemplo, com período menstrual prolongado ou em muita quantidade, perdem ferro mais do que o normal, podendo ficar anêmicas. E a anemia ou falta de ferro pode provocar perda de cabelo.

O ferro beneficia a circulação de oxigênio que vai para todas as células, inclusive as responsáveis pelo couro cabeludo onde ocorre o crescimento do cabelo.

Combinado à prática de atividades físicas regulares, que também ajudam na oxigenação do sangue, contribui para melhorar o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo e pode influenciar no crescimento saudável dos fios.

Carne vermelha, feijão, gema de ovo, espinafre,uva passa, damasco seco, soja, brócolis, molusco, cereais integrais, pão de cevada, salsa e lentilhas são alimentos ricos em ferro.

Zinco, o nutriente que ajuda na resistência dos fios.

O zinco é um mineral indispensável encarregado em diversos processos do organismo que, no caso dos cabelos, contribuem na prevenção de algumas doenças, como a seborreia e a caspa.

Isso porque atua na saúde do couro cabeludo, ajudando no crescimento saudável dos fios e pode ajudar na regulação da produção de sebo nos folículos capilares.

O sebo em equilíbrio é vital para manter os cabelos saudáveis e hidratados, conservando fios fortes e com aspecto saudável.

Gemas de ovos, caju, nozes, carne vermelha, frango e peixe são alimentos ricos em zinco.

Além desses alimentos, existem suplementos que ajudam a complementar a necessidade diária de ferro e zinco.

Para saber mais a fundo sobre a função dos minerais na queda de cabelo, baixe grátis aqui o ebook de vitaminas e minerais e saiba como empoderar seus cabelos.

Para saber mais sobre vitaminas e minerais, leia esta matéria.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.

Tacitá auxilia no fortalecimento dos cabelos e das unhas

cabelos e unhas
cabelos e unhas

Descubra as vitaminas essenciais.

Quem não quer ter cabelos e unhas fortes e poderosos? Eles passam saúde, vitalidade, imponência, personalidade. O contrário, unhas e cabelos fracos, dá sinal de debilitação, baixa a autoestima e pode remeter a envelhecimento e doença.

As vitaminas também são alimento para as unhas e cabelos. Elas são nutrientes orgânicos necessários, em pequenas quantidades, para auxiliar na regulação das funções celulares.

Algumas vitaminas são geradas no próprio organismo (vitamina D e K, por exemplo) a partir de outras substâncias recebidas pela dieta ou pela ação da flora intestinal.

Porém outras são obtidas diretamente através da alimentação ou então em suplementos vitamínicos.

As maiores fontes de vitaminas são frutas, legumes e verduras, porém as carnes, ovos e leite também são importantes fontes de vitaminas, como a vitamina A e as do complexo B5.

Nutrem os cabelos desde a raiz e, quando em equilíbrio, ajudam a evitar a queda excessiva e a manutenção dos fios.

Veja vitaminas que auxiliam no fortalecimento dos cabelos:

    • Vitamina A: favorece o crescimento saudável dos cabelos e manutenção de fios hidratados e resistentes.
    • Ácido fólico: uma das vitaminas essenciais, com influência na queda excessiva e perda de cor dos cabelos.
    • Vitamina B1, B2, B5, B6 e B12: as vitaminas do complexo B auxiliam nos processos do organismo relacionados com a queda. A B1 pode impactar no fluxo sanguíneo no couro cabeludo e em sua atividade metabólica, e sua deficiência pode causar queda capilar. Já a B6 ajuda na produção de melanina, pigmento que dá cor ao cabelo, dentre outras funções.
    • Vitamina C: poderoso antioxidante, é essencial para uma pele saudável, vasos sanguíneos e a formação de colágeno.
    • Vitamina E: com ação antioxidante e presente no sebum, auxilia a preservar a saúde do couro cabeludo, contribuindo na circulação sanguínea e na proteção dos folículos responsáveis pela formação dos fios de danos oxidativos.
    • Vitamina PP (vitamina B3): atua junto às outras vitaminas do complexo B, participando do metabolismo dos açúcares, gorduras e aminoácidos. Atua também em processos inflamatórios, colaborando para o fortalecimento geral do organismo, incluindo cabelos e unhas.

Diversas vitaminas, bem como alguns minerais, têm significativa ação antioxidante.

Os antioxidantes são agentes que “limpam” ou neutralizam radicais livres, moléculas derivadas do oxigênio que podem lesar as células do corpo.

O acúmulo de radicais livres pode ser considerado tóxico aos tecidos e se dá de várias maneiras (estresse, poluição, tabagismo, doenças, entre outros).

Essa concentração destrói as proteínas e o DNA das células, acelerando seu envelhecimento.

Quer saber mais a fundo sobre a função das vitaminas na queda de cabelo? Clique aqui e baixe grátis o ebook de vitaminas e minerais e saiba sobre o poder que eles têm sobre seus cabelos.

Para saber mais sobre queda de cabelo, leia esta matéria.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.

O ácido pantotênico ajuda a evitar a queda excessiva de cabelos

ácido pantotênico
ácido pantotênico

Para cabelos saudáveis, ele não pode faltar.

Ácido pantotênico. Achou o nome complicado? Não tem problema, pode chamar de vitamina B5.

Ela pode ser considerada uma das mais conhecidas vitaminas para a manutenção da saúde capilar, considerando relação com processos associados com a queda de cabelo, perda capilar e a cor do cabelo.

Além disso, é componente da coenzima A, necessária em diferentes funções do organismo e essencial no metabolismo energético e no funcionamento das células. Importante no crescimento adequado do cabelo devido a seu papel na divisão celular também no folículo piloso.

O ácido pantotênico está presente em vários alimentos e a quantidade de ingestão diária recomendada para adultos é de 5 miligramas. Isso significa que você precisa ter uma rotina saudável e não considerar que basta comer uma saladinha de vez em quando.

As pessoas que consomem alimentos ricos em vitamina B5 em uma dieta equilibrada todos os dias, favorecem a manutenção de cabelos fortes e saudáveis.

Alimentos ricos em vitamina B5

Conheça alimentos ricos que contribuem com o bom funcionamento de todos os nossos órgãos e que podem ser servidos na sua mesa:

  • Cogumelos
  • Brócolis
  • Repolho
  • Legumes
  • Carnes
  • Couve

Existem também outras fontes consideráveis para esta vitamina solúvel em água, são elas: ovos, peixe, levedura de cerveja, nozes, trigo, amendoim, soja, leite e produtos lácteos, como queijo.

Como se não bastasse, o ácido pantotênico ainda ajuda a manter a nossa aparência jovem.

Como assim? Isso mesmo, ele auxilia o corpo a manter a pigmentação do cabelo, ajudando a diminuir o surgimento dos fios brancos precoces. Não é demais?

Quem sofre com a queda de cabelo pode ter indicação de suplementação de vitamina B5 ou de outros elementos, como as vitaminas do complexo B, para ajudar no combate ao problema.

Se está tendo problemas recorrentes de queda de cabelo, lembre que o médico para ajudá-lo com esse problema é o dermatologista. Agora que tal conhecer o poder de outras vitaminas no ciclo do cabelo?

Clique aqui e baixe grátis o ebook de vitaminas e minerais. Você verá que pode encontrar o que o seu organismo necessita nos alimentos e também em suplementos. Boa leitura !

Para saber mais sobre queda de cabelo, leia esta matéria.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.

Você cuida do seu cabelo de dentro para fora?

cuida do seu cabelo
cuida do seu cabelo

Conheça Tacitá, que pode auxiliar na queda excessiva de cabelo.

Quando se pensa em cabelos fortes e bonitos, logo vem à mente aqueles comerciais de TV com modelos e seus lindos cabelos esvoaçantes ou então aquelas embalagens de produtos cosméticos com um cabelo mais lindo do que o outro.

O apelo da beleza do cabelo atinge em cheio a autoestima, principalmente das mulheres.

Por isso, shampoos, condicionadores e outros produtos fazem tanto sucesso.

Não que eles não sejam eficientes, longe disso! Mas será que devemos cuidar dos nossos cabelos só por fora?

Vamos explicar para você que o melhor cuidado para ter cabelos fortes e saudáveis vem de dentro para fora. Mas como assim?

O que você ingere é mais importante para os fios que estão crescendo do que apenas a parte externa.

Veja os exemplos:

  • É importante considerar a nutrição adequada do folículo piloso. Ou seja, cuidado de dentro para fora;
  • O tratamento consiste, principalmente, na correção das causas da queda excessiva, por exemplo, quando forem detectadas deficiências alimentares ou alterações emocionais. Mais uma vez, de dentro para fora;
  • Hábitos alimentares com ingestão equilibrada de proteínas, vitaminas, minerais e demais elementos da dieta ajudam muito, de dentro para fora;
  • As vitaminas e minerais ajudam no fortalecimento fisiológico dos cabelos desde a raiz, de dentro para fora, contribuindo em processos do corpo que auxiliam na manutenção dos fios. O equilíbrio destes nutrientes no organismo é um dos fatores que ajudam a evitar a queda em excesso;
  • Os minerais também ajudam a compor a saúde dos cabelos de dentro para fora, a partir do folículo piloso. Vários minerais também participam de mecanismos antioxidantes no organismo, como zinco, ferro, selênio e magnésio;
  • Manter uma alimentação saudável, com frutas, legumes e verduras beneficia a manutenção da pele, unhas e cabelos saudáveis. De novo, de dentro para fora;
  • Fazer exercícios regulares também auxilia a manter um fluxo sanguíneo adequado e ajuda a prevenir doenças que podem causar queda de cabelos. Tudo de dentro para fora.

Os alimentos são fontes de vitaminas e minerais, mas às vezes, mesmo fazendo um belo prato, não conseguimos absorver todos os nutrientes que nosso organismo precisa.

Nesse caso, o uso de suplementos é importante.

TACITÁ é um suplemento de vitaminas e minerais com 15 vitaminas e minerais que ajuda a fortalecer os cabelos e as unhas de dentro para fora.

Atende a 100% da Ingestão Diária Recomendada (IDR) das vitaminas ácido fólico, ácido pantotênico, biotina, vitamina A, vitaminas B1, B2, B6 e B12, vitamina E, vitamina C e niacinamida e dos minerais selênio, ferro e zinco, além de conter 50% da IDR de magnésio.

Com apenas 1 comprimido ao dia, Tacitá nutre o organismo de dentro para fora, assim ajudando a proporcionar saúde e força aos fios e auxiliando na fase de crescimento ativo fisiológica dos cabelos.

As vitaminas e minerais ajudam no fortalecimento fisiológico dos cabelos desde a raiz, contribuindo em processos do corpo que auxiliam na manutenção dos fios. O equilíbrio destes nutrientes no organismo é um dos fatores que ajudam a evitar a queda.

Baixe o infográfico e saiba mais sobre o assunto conhecendo “O Ciclo do Cabelo, por Tacitá”.

Leia mais sobre vitaminas e minerais nesta matéria.

Importante: este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico ou nutricionista. Consumir este produto conforme recomendação de ingestão diária constante na embalagem.Produto dispensado de Registro conforme RDC Nº 27/2010.

Não contém glúten.

Este produto não é um medicamento.
Não exceder a recomendação diária de consumo indicada na embalagem.
Mantenha fora do alcance de crianças.