Cabelos e unhas mais fortes, sua autoestima também.
Bem-vindo ao mundo de Tacitá, um suplemento vitamínico e mineral que fortalece unhas e cabelos. Nesse espaço você terá acesso gratuito a conteúdos exclusivos sobre queda de cabelo com suas causas, dúvidas e solução. Vai saber mais sobre as vitaminas e nutrientes que Inibem a regressão do cabelo acelerando a recuperação e regulando o crescimento dos fios. Você vai adorar ficar bem informada (o).

Biotina - Zinco - Ferro - Ácido pantotênico - Vitaminas A, E, C, B1, B2, B6 e B12 - Ácido fólico - Niacinamida - Magnésio e Selênio.
SAIBA MAIS
Benefícios
das Vitaminas
de Tacitá:
  • Vitamina A ( retinol )

    • Várias células precisam de vitamina A para o desenvolvimento. Isso inclui o folículo piloso, responsável por fazer o cabelo, uma estrutura de crescimento rápido no corpo humano.
    • Favorece o crescimento saudável e a manutenção de fios hidratados e resistentes².
    • Pode ajudar no crescimento dos cabelos quando consumida através da alimentação ou suplementação. A aplicação apenas sobre os fios e couro cabeludo quando usada em forma de ampolas, shampoos e condicionadores é breve e não se espera benefícios mais profundos apesar de que se alegue ao contrário.
    • Atua na regulação da produção pelas glândulas da pele de uma substância oleosa chamada sebum, que em equilíbrio hidrata e protege o couro cabeludo, ajudando a manter o cabelo com aspecto saudável. Em excesso, o sebo pode afetar a saúde dos folículos e favorecer a queda dos fios.
    • A deficiência em vitamina A pode afetar a produção de oleosidade natural no couro cabeludo, podendo piorar caspa, deixar os cabelos ressecados e afetar o crescimento, já que também atua na queratinização dos fios.
    • Dietas carentes em vitamina A podem levar a diversos problemas, incluindo perda de cabelo.
  • Vitamina B9 (Ácido fólico)
    • É um dos nutrientes mais essenciais para garantir o funcionamento adequado do organismo em geral, incluindo o do couro cabeludo.
    • É um dos nutrientes essenciais para o funcionamento adequado do organismo e suas funções de maneira geral, incluindo o couro cabeludo, sendo necessário no metabolismo de energia, renovação celular, e no equilíbrio das células do sangue, dentre outras ações.
    • Tem papel importante na saúde da pele e no crescimento de unhas e cabelos.
    • Encontrado facilmente em diversos alimentos naturais, como feijão e vegetais, faz também parte da composição de alimentos fortificados e alguns suplementos vitamínicos. A deficiência em ácido fólico pode ser grave e eventualmente também influenciar na saúde capilar e estar associada com a ocorrência de alopecia.
  • Vitamina B1 (Tiamina)
    • A vitamina B1 é essencial, entre outros, para o metabolismo energético e no processo de renovação celular. Ela também influencia na circulação e uma dieta deficiente pode impactar no funcionamento cardíaco. Um fluxo sanguíneo adequado é essencial para a nutrição dos folículos pilosos no couro cabeludo e desenvolvimento dos fios.
    • Tem função essencial no metabolismo de carboidratos e na produção de energia. A reserva no organismo não é duradoura e o nível de tiamina varia com o consumo de carboidrato; além disso, é excretada na urina e metabolizada pelos rins.
    • Há relatos de que a deficiência em vitamina B1 pode causar queda capilar em humanos e animais.
  • Vitamina B2 (Riboflavina)
    • A vitamina B2 é famosa pela sua propriedade de participar do processo metabólico de proteínas, carboidratos e gorduras no corpo humano. Sua deficiência pode afetar principalmente tecidos com rápido crescimento, como a pele.
    • Quantidades adequadas de vitamina B2 são essenciais para o funcionamento do organismo como um todo e na manutenção da aparência saudável do cabelo, pele e unhas.
  • Vitamina B5 (Ácido Pantotênico)
    • Pode ser considerada uma das mais conhecidas vitaminas para a manutenção da saúde capilar, envolvendo processos de queda, perda capilar e a cor do cabelo. A vitamina B5 é componente da coenzima A, necessária em diferentes funções do organismo e essencial no metabolismo energético e no funcionamento das células. Ela é importante no crescimento adequado do cabelo devido a seu papel na divisão celular também no folículo piloso.
    • A vitamina B5 contribui no metabolismo de lipídios. Assim, além de atuar na regulação dos níveis de colesterol, também impacta no couro cabeludo e no crescimento normal de fios íntegros e, assim, no brilho do cabelo.
    • Desempenha um papel importante na pigmentação do cabelo e ajuda a retardar a perda de sua cor até a velhice.
    • Os sintomas da deficiência de vitamina B5 são diversos, como vômitos, fadiga e irritabilidade ou outros mais graves. Apesar de poder afetar a saúde dos fios, a queda capilar não é um sinal específico ou inicial da deficiência.
  • Vitamina B6 (Piridoxina)
    • Vitamina do complexo B que ajuda na produção de melanina, pigmento que fornece a cor do cabelo.
    • Tem efeitos sobre o cabelo e as unhas, influenciando no crescimento e ajudando a manter ambos com uma aparência saudável, porque ela atua internamente em diversos aspectos para o bom funcionamento do corpo.
    • Sua ausência pode causar a alopecia, doença que leva à perda total ou parcial dos fios. Atua, ainda, na melhora da circulação sanguínea do couro cabeludo que é, justamente, onde os fios nascem e crescem.
  • Vitamina B7 (Biotina)
    • Possui reconhecidas funções na manutenção da saúde da pele, do cabelo e das unhas.
    • Níveis adequados no organismo podem auxiliar na manutenção da saúde de cabelos e unhas ao ajudar no seu fortalecimento.
    • É comumente adicionada a produtos destinados aos cabelos e beleza da pele, embora se acredite não ser bem absorvida através da pele e , que para um resultado realmente benéfico, seria ideal a ingestão por alimentos ou suplementos.
    • A deficiência desta vitamina pode causa unhas quebradiças, cabelos fracos, ou dermatite, que resulta em pele seca e irritada.
    • A falta de biotina pode enfraquecer as unhas e cabelos. O nutriente tem relação com a produção de queratina, proteína que compõe as unhas e cabelos..
  • Vitamina B12
    • Devido às suas funções na proliferação celular, é importante para a renovação das células, incluindo a pele e o folículo piloso que produz os cabelos.
    • No que se refere à aparição precoce de fios brancos, pode contribuir para favorecer a repigmentação do cabelo e ajudar a manter a cor original em pessoas com deficiência desta vitamina.
    • Além das alterações na cor dos cabelos, a deficiência desta vitamina no organismo também está associada com mudanças na cor da pele e das unhas, além de outros efeitos importantes no organismo.
  • Vitamina C (ácido ascórbico)
    • Antioxidante natural que ajuda a manter o cabelo com aspecto saudável, pois, entre outros, atua na síntese de colágeno, um dos principais agentes da construção dos cabelos, garantindo crescimento mais rápido dos fios.
    • A vitamina C atua, entre outros, na síntese de colágeno e queratina fundamentais para a estrutura capilar, o que pode influenciar na densidade e diâmetro dos fios de cabelo. O colágeno é importante para a arquitetura dos tecidos, o que impacta, por exemplo, na firmeza e assim no aspecto jovial da pele. Também é relacionado com a manutenção da saúde dos vasos sanguíneos, que nutrem os folículos. Estes folículos são a base onde crescem todos os cabelos. Folículos com fornecimento adequado de nutrientes são necessários para crescimento capilar saudável.
    • Tem ação antioxidante que ajuda a prevenir a descamação e irritação do couro cabeludo.
    • A vitamina C tem ação antioxidante que ajuda nosso corpo a fortalecer o sistema imune e também aumenta a absorção de ferro para o sangue. A perda de cabelo é uma das evidências mais visíveis da deficiência de ferro.
    • Os antioxidantes também auxiliam no combate aos radicais livres que causam dano também aos folículos capilares, aumentando a perda de cabelo.
    • Em relação aos cabelos, a carência de vitamina C pode prejudicar os folículos e danificar a estrutura dos fios. No organismo como um todo está associada ao escorbuto, observado quando há deficiência grave desta vitamina.
    • Quanto ao brilho dos cabelos, a ação antioxidante da vitamina C pode ajudar na manutenção da integridade das cutículas dos fios já que estas, por sua vez, permitem que a luz reflita neles.
    • Se por algum motivo, você não conseguir implementar uma quantidade suficiente de vitamina C na dieta, suplementos podem ser recomendados ou até mesmo necessários (se houver deficiência grave), conforme orientação médica.
  • Vitamina E
    • Auxilia na circulação do couro cabeludo, necessária para o crescimento do cabelo.
    • Contribui também na circulação sanguínea, o que pode influenciar no recebimento adequado de oxigênio e nutrientes no folículo piloso e, consequentemente, favorecer o crescimento saudável dos fios.
    • Uma das principais causas da queda do cabelo é a produção excessiva de óleo e o desequilíbrio do pH no couro cabeludo. A vitamina E é liberada no sebum auxiliando a preservar a pele do couro cabeludo dos danos oxidativos causados por radicais livres.
    • Excelente antioxidante que ajuda a neutralizar os radicais livres que podem causar prejuízos também ao couro cabeludo e aos fios, ajudando a manter os folículos protegidos de danos oxidativos provocados por estas substâncias.
    • Com o uso abusivo de pranchas térmicas e produtos químicos para tratamentos estéticos, o cabelo pode ficar bastante danificado e com pontas duplas. A vitamina E tópica pode ajudar a diminuir os danos ao folículo piloso e aos fios com suas propriedades hidratantes e nutritivas.
  • Vitamina PP (vitamina B3, niacina ou ác. nicotínico)
    • A niacina é necessária para a biossíntese (produção no organismo) de moléculas que participam de praticamente todos os aspectos do metabolismo. Assim, junto às outras vitaminas do complexo B, ela contribui para o fortalecimento geral do organismo e dos cabelos e unhas.
    • Ela também ajuda na promoção do crescimento do cabelo ao auxiliar na melhora do fluxo sanguíneo para o couro cabeludo.
    • Essas moléculas tem como função a transformação de proteínas, gorduras e açúcares em energia, além de ajudar a manter a pele, o cabelo e as unhas saudáveis.
Benefícios
dos minerais
de Tacitá:
  • Ferro
    • Conhecido pelas funções no transporte de oxigênio no sangue, o ferro também ajuda a manter a saúde dos folículos e dos fios.
    • O ferro e sua importância também incluem a capacidade que ele tem em manter as células do cabelo, pele e unhas saudáveis.
    • O ferro ajuda a manter os fios fortalecidos. Há ainda quem utilize compostos que levam o nutriente, com a intenção de fazer com que o cabelo cresça mais rápido, já que o ferro atua no crescimento celular e no bom funcionamento da circulação sanguínea, essencial para o crescimento saudável dos fios.
    • Com a deficiência de ferro, o cabelo pode sofrer com a queda difusa.
    • Mulheres sem o devido nível de ferro no sangue são mais propensas a perda de cabelo.
    • Algumas pessoas não absorvem quantidades suficientes de ferro e outros nutrientes pela alimentação, por isso, em alguns casos é preciso suplementos com as substâncias, vitaminas e minerais necessários para o organismo e para o desenvolvimento dos cabelos.
  • Zinco
    • O zinco ajuda a manter a saúde capilar em dia e pode ajudar na diminuição da oleosidade excessiva.
    • Contribui em processos do organismo que previnem diversos problemas na pele e cabelos, como caspa, dermatite seborreica e, principalmente, queda de cabelo.
    • Ajuda no crescimento de fios resistentes e também atua na saúde dos folículos pilosos.
    • A deficiência de zinco no sangue pode fazer com que os fios se tornem enfraquecidos, quebradiços e demorem para crescer.
    • - O problema também pode estimular a queda de cabelos e unhas frágeis e quebradiças, além de outras alterações.
    • Nem sempre o corpo consegue absorver todo a quantidade necessária do nutriente por meio da alimentação, já que, apesar de ser facilmente absorvido, este processo pode ser inibido ou sua ação impactada por outros fatores, por exemplo, vitaminas ou minerais. É neste contexto que entram os suplementos e complexos que trazem o mineral em sua composição, que podem contribuir, entre outros, para a diminuição da perda de cabelo.
  • Selênio
    • Ajuda na constituição adequada dos fios de cabelo.
    • Quando em quantidades adequadas, protege os tecidos e células do corpo contra o dano oxidativo (ação antioxidante), queda de cabelo e descoloração da pele e da unha.
    • A perda de cabelo é um dos sinais da deficiência de selênio. Em casos mais graves, os pelos do braço e de todo corpo também podem ser comprometidos.
  • Silício
    • Contribui no fortalecimento das unhas, cabelo e ainda ajuda no rejuvenescimento e na elasticidade da pele.
    • Ajuda na força, elasticidade, resistência dos fios de cabelo, o que pode ajudar a reduzir a queda porque facilita a formação das proteínas importantes para a estrutura dos fios .
    • Estimula o crescimento e brilho do cabelo.
    • Desempenha um papel muito importante na manutenção da saúde das unhas, pois contribui para a integridade de sua estrutura. Isto é importante, pois as unhas tem um papel de proteção contra várias infecções.
    • Deficiência de Silício pode provocar, entre outros, afinamento do cabelo, fragilidade das unhas, formação de rugas e envelhecimento geral da pele.
    • O silício orgânico está presente em alimentos como cereais integrais (aveia, arroz, entre outros). Também pode ser encontrado em suplemento vitamínico.
  • Magnésio
    • Em equilíbrio, benéfico para o cabelo e unhas, auxiliando a evitar a queda e mantendo as unhas fortes e saudáveis.
    • A queda de cabelo está diretamente ligada à deficiência de magnésio no organismo, o que pode resultar em inflamação, depósitos de cálcio e outros efeitos no organismo.
    • A calcificação no couro cabeludo poderia contrair o fornecimento de sangue para os folículos pilosos, causando redução do fluxo de nutrientes.